14.5 C
São Paulo

Conheça o Jogo em Blockchain de Esportes que já captou 120 milhões de dólares

É Pop!

Em um projeto ambicioso que visa o sucesso de outros Fantasy Games Blockchain baseados em esportes, a desenvolvedora web3 Rario, levantou mais de 120 milhões de dólares em investimentos, liderados pela capital de risco Dream Capital, para a produção de seu Game Blockchain baseado em Cricket.

A iniciativa que já deveria ter saído do papel no mês de março, passou por dúvidas devido a crise do mercado de Criptomoedas, encerrando de forma abrupta seu desenvolvimento, no entanto, enfim ganhou a certeza de lançamento, sendo ele para o próximo mês de agosto.

Em entrevista, um dos fundadores da Rario, Sunny Bhanot, explicou o porquê da desistência do projeto no início do ano.

“Há muitas mudanças regulatórias que aconteceram com a entrada de impostos e novas regras sendo formadas… era muito arriscado para nossos usuários terem uma experiência previsível e é por isso que desligamos nosso mercado naquela época”, revelou em entrevista ao portal americano “ET”.

Apoiada por outra plataforma de NFTs do ramo de esporte, a Dream Sports, a Rario terá acesso a um ambiente de mais de 140 milhões de investidores já presentes no ecossistema da rede de investimentos Dream.

Mas, apesar da parceria feita nos mesmos moldes de uma rede de Polygon, a Rario terá a transição para sua própria blockchain, chamada de Rario Chain.

Como funcionará o game NFT de Cricket

Lançada em meio a um boom global de NFTs e Criptomoedas, a Rario surgiu em 2020 com sede em Singapura, fundada pelos empresários Sunny Bhanot e Ankit Wadhwa.

O que era para ser só mais uma corretora ou exchange de cripto ativos, se tornou num projeto dos mais ambiciosos da web3 quanto a entrada no ramo de games em Blockchain.

Agora ao lado da Dream Sports, a Rario acredita estar no caminho certo para enfim transformar a inciativa em realidade com o jogo estratégico de Cricket.

O game que terá em seu sistema um estilo de incorporação de NFTs utilitarios, prevê parceria com grandes ligas de Cricket ao redor do mundo.

Dentre essas se encontram as dos países mais apaixonados pelo esporte, como a Austrália, que inicialmente deve ser o ponto de partida quanto a a um investimento de licença, sendo esses com o Cricket Australia e Australian Cricketer’s Association.

E diferente de algumas plataformas, será implementado no jogo em seu lançamento a possibilidade dos usuários fazerem transações por meio de cartões de créditos, algo que faz falta em sistemas sofisticados e maiores como o do NBA Top Shot ou Sorare, que exige uma carteira inicial já com fundos em cripto.

“O método de pagamento é universalmente aceito entre os fãs de críquete, que é o público-chave para nós. A Rario está em conformidade com todas as normas regulatórias nos países em que operamos”, analisou Sunny.

O objetivo final seria a criação de um Metaverso, que incluiria diversas ligas e nações do esporte em um ambiente competitivo com todos os mecanismos de trade de NFTs e Criptomoedas já conhecido em Jogos Blockchain do gênero

- Advertisement -spot_img

Leia também

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisement -spot_img

Últimas Notícias