17.1 C
São Paulo

Time americano de Baseball distribui de graça NFTs de lenda do clube

É Pop!

Uma das equipes de baseball mais tradicionais dos Estados Unidos, o Washington Nationals foi responsável por uma giveaway de tokens não fungíveis (NFTs) comemorativos pela aposentadoria de uma das lendas da história do time da capital americana, Ryan Zimmermann.

O atleta defendeu as cores do Washington durante 16 anos, de 2005 até o fim da temporada 21/22. Dentre esses anos além de diversos prêmios individuais, o jogador deu a sua equipe o campeonato mundial da MLB de 2019.

Os fãs “ganharam” os NFTs através de uma iniciativa incrível da instituição, que cedeu os tokens não fungiveis para aqueles que compraram ingressos para o jogo de despedida de Zimmermann.

Os NFTs vieram ao estilo de “onde você estava quando aconteceu” já que além da peça trazem a informação do número de série do ingresso e o assento onde o torcedor estava sentado.

Foram mais de 42 mil pessoas no estádio, sendo exatamente 42.730 NFTs distribuídas.

A verdadeira lembrança digital serve além de um ativo, uma verdadeira experiência que transborda o mundo web3.

Essas NFTs mais “sentimentais” vem dominando o esporte como um todo, e agora servem não só pelo tributo a times ou ídolos, mas também para a introdução de novas pessoas e das instituições a esse universo de investimentos.

Agora já com uma experiência nos ativos digitais, os Nats já visam a introdução do time no mundo dos Fan Tokens.

Mercado esse que já domina o futebol, tem projetos de introdução em outros esportes, principalmente através da plataforma Socios.com, líder do mercado.

Os fãs do Washington logo após o lançamento dos NFTs colocou em pauta o assunto dos tokens utilitários, no entanto, é algo assumido pela MLB como sendo tratado de forma cautelosa.

Não só oferecendo uma “moeda“, toda MLB deseja proporcionar experiências físicas através das Criptomoedas, assim como fez o Washington Nationals.

NFTs no baseball

Sendo mundialmente famoso pela sua história com os cards de jogadores, o Baseball não tinha como fugir da onda dos ativos digitais do esporte que hoje em dia, se baseiam justamente nesse modelo, as cartas.

Além de uma acordo com a Sorare, que já tem em desenvolvimento um Fantasy Game baseado em cards da MLB, a liga recentemente também selou a parceria com a empresa NFT Candy Digital, visando a produção de edições exclusivas de tokens não fungíveis dos quais os usuários poderiam dar lances, como uma espécie de leilão, para obter os itens.

Assim como parte do projeto que tem o foco nas vantagens, os detentores desses NFTs ganharam itens exclusivos designados por cada franquia da MLB. O Washington Nationals por exemplo, deu aos compradores de suas NFTs, camisas oficiais autografadas da equipe.

Por agora, a liga estuda apenas a inserção dos Fan Tokens no ambiente do esporte, onde busca uma parceria universal com suas franquias para um acordo lucrativo em todos os lados.

Algo parecido com o que a liga de futebol dos Estados Unidos fez, a MLS. Que por sua vez selou um acordo total com a Sorare, que automaticamente sedia os direitos de imagem para o game NFT inspirado em Fantasy Games de futebol.

- Advertisement -spot_img

Leia também

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisement -spot_img

Últimas Notícias