22.1 C
São Paulo

Golpes de phishing marca cliques de uma em cada cinco pessoas, aponta estudo

É Pop!

Responsável pela segurança na internet, a Kaspersky Security Awareness formalizou um teste com aproximadamente 29,6 mil colaboradores em 100 países. O objetivo da pesquisa visa identificar a vulnerabilidade de funcionários de empresas em golpes de phishing.

De acordo com os números, quase uma em cada cinco pessoas caíram nas iscas, tornando os dados corporativos expostos ao risco. Vale destacar que a plataforma treina funcionários para identificar e-mails fraudulentos.

Segundo a empresa, a ferramenta gera um conglomerado de modelos de phising, cujos quais simulam um ataque, sem notificar os funcionários. O gestor pode, dessa maneira, se situar acerca dos resultados e acrescentar o treinamento de quem falhou.

Grande parte das temáticas se relacionam a novidades na empresa ou erros primários. Um deles é a falha na tentativa de entrega de uma encomenda ou e-mails não enviados em função da sobrecarga de servidores. Esse assunto gerou 17% em taxa de conversão

Por outro lado, e-mails integrados por ameaças ao destinatário ou ofertantes de benefícios de grande porte não aparecem de forma contundente. Conforme os dados da pesquisa, o assunto “Eu pirateei o seu computador e conheço o seu histórico de pesquisa” agregou somente 2% de taxa de clique.

Algumas recomendações feitas pela Kaspersky sugerem que as empresas tenham conhecimento de como prevenir violações de dados ou perdas financeiras e de reputação, ligadas a ataques phishing, como o preparo dos funcionários aos sinais básicos de identificação de um e-mail fraudulento.

- Advertisement -spot_img

Leia também

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisement -spot_img

Últimas Notícias