Os Simpsons aborda NFTs pela primeira vez em um de seus episódios; Confira

Os Simpsons, a série animada de sucesso que zomba da cultura e da sociedade americana, entra no mundo dos tokens não fungíveis (NFTs) e do blockchain em seu próximo episódio especial de Halloween.

Intitulado “Treehouse of Horror XXXIV”, este episódio promete ser um dos episódios mais divertidos e criativos da série. Um ponto da trama do episódio é que Bart se transforma em um NFT e Marge tem que lutar contra o blockchain para salvá-lo.

A trama também inclui outros dois segmentos que parodiam filmes de terror ou ficção científica, como “O Silêncio dos Inocentes” e “O Exterminador do Futuro”.

Alegadamente, Lisa encontrará um serial killer com a ajuda de Sideshow Bob, e a pandemia transformará o povo de Springfield em amantes preguiçosos de cerveja. No entanto, esta última parte não está diretamente relacionada ao mundo das criptomoedas.

Simpsons já “previam” boom de Criptomoeda

Os Simpsons têm uma longa história de previsão do futuro e de abordar tópicos importantes como criptomoeda e blockchain. Desde 2013, a série apresenta Bitcoin (BTC) e outras criptomoedas.

No episódio “Frinkcoin” da 31ª temporada dos Simpsons, o professor Frank cria sua própria criptomoeda e faz sucesso em Springfield. Frinkcoin é descrito como uma moeda virtual que pode ser extraída por qualquer pessoa com um computador e é usada para comprar bens e serviços em toda a cidade. Porém, a criptomoeda vira uma bolha especulativa e o personagem perde todo o dinheiro que investiu nela.

No episódio “O inverno do conteúdo monetizado”, os Simpsons são vistos assistindo a um anúncio de uma criptomoeda fictícia chamada “Criptomoeda”, que promete enriquecer rapidamente as pessoas.

Essas referências e o novo episódio especial de Halloween mostram que Os Simpsons estão sempre atualizados com os últimos desenvolvimentos no mundo da tecnologia e das finanças e nunca perdem a oportunidade de brincar e criticar esses temas.

Disney finalmente entra no universo das NFTs de forma oficial

A Disney fez parceria com a empresa de blockchain e metaverso Dapper Labs para criar uma plataforma de token não fungível (NFT).

De acordo com um anúncio de 14 de novembro, a Disney celebrará personagens icônicos de desenhos animados dos últimos 100 anos em um mercado NFT chamado Disney Pinnacle. A plataforma também inclui ícones da Pixar, bem como heróis e vilões da galáxia Star Wars, projetados exclusivamente como pins digitais colecionáveis e negociáveis. “Fãs de todos os lugares poderão coletar pins dinâmicos de seus telefones e realizar transações de forma instantânea e segura, não importa onde estejam no mundo”, explicou Roham Gharegozlou, CEO da Dapper Labs.

A plataforma NFT deverá ser lançada ainda este ano por meio da Apple App Store para iOS, da Google Play Store para Android e da web. Atualmente a página oficial possui apenas lista de espera e site de destino. Disney Pinnacle é construído no blockchain Flow Layer-1, também criado pela Dapper Labs. Anteriormente, a Ticketmaster optou por emitir ingressos de eventos NFT no blockchain Flow.

No início deste ano, a Disney fechou sua divisão Metaverse como parte de um plano de reestruturação mais amplo para cortar custos operacionais em US$ 5,5 bilhões e demitir 7.000 funcionários em dois meses. Cerca de 50 membros do departamento de Metaverso ficaram sem novos contratos de trabalho.

Conheça mais sobre a Dipper Labs

Fundada em Vancouver, Canadá, em 2018, a Dapper Labs recebeu um investimento de US$ 15 milhões da Animoca Brands, criadora de Web3 de Hong Kong.

Em julho de 2023, Dapper Labs anunciou seu terceiro round de demissões de funcionários no ano. A empresa é conhecida por suas marcas de NFT, como CryptoKitties e NBA Top Shot.

Série de TV mostra que jovens podem invadir sistema de Criptomoedas; Entenda

Surfando na onda de popularidade das Criptomoedas, a Amazon lançou recentemente em seu serviço de streaming, o Prime Video, uma nova série original apresentando uma história sobre jovens que começam uma “briga” envolvendo Criptomoedas com o sistema financeiro tradicional.

A série “Coin Digger”, ou como foi traduzida no Brasil, “Mineradores Digitais”, é uma produção de origem tailandesa que conta uma história real de um grupo de jovens que, em 2019, tentaram derrubar o antigo sistema financeiro do país baseado em moeda fiduciária usando suas próprias Criptos.

Coin Digger ainda trata de um plano de fundo que mostra os primórdios das Criptomoedas na Tailândia, quando o bilionário do ramo imobiliário, Trin, é um dos poucos que se interessam por esse mercado no país asiático. Enquanto do outro lado da moeda, Bank, um misterioso aluno do MIT, procura uma equipe para ajudá-lo a construir uma plataforma Cripto.

Todos os episódios da primeira temporada da produção já estão disponíveis na plataforma.

Outras séries sobre Criptomoedas em Streamings

Recentemente, grandes empresas do mercado global de filmes começaram a se concentrar nos trabalhos mais importantes nos mercados de criptomoedas, blockchain, NFT e metaverso. Isso deixa amplo espaço para produção independente. Seja qual for o estúdio, a verdade é que não faltarão filmes e documentários sobre o tema em 2024.

Nomes como Rise of The Bitcoin, Magic Money e Crypto, são alguns dos ótimos filmes/documentários que tratam do assunto e são bem avaliados pela crítica. O último citado inclusive, é estrelado por uma das maiores estrelas de Hollywood, Russel Crowe, famoso por produções como Gladiador, Robin Hood e Uma mente brilhante.

Muito das produções envolvendo o assunto Cripto estão disponíveis gratuitamente no YouTube, no entanto, é questão de tempo para que grandes produtoras e principalmente Streamings, comecem a explorar esse universo.

Lançamento de Barbie aumenta o número de golpes com Criptomoedas; Entenda

Barbie, a boneca mais famosa do mundo ganhou seu próprio filme recentemente e desde sua estreia no último dia 20, já se provou um dos maiores (senão o maior) sucesso cinematográfico do ano até então. O longa dirigido por Greta Gerwig, no entanto, começou a se fazer popular não somente no nicho dos fãs da sétima arte ou da boneca, mas também dentre os investidores em Criptomoedas.

Assim como a maioria das ações dentro da cultura pop que estouram a bolha e vão para o mainstreaming, o filme da Barbie está sendo utilizado como pretexto por ciber-criminosos para aplicar golpes Cripto na internet.

Golpe com Memecoins da Barbie

A grande maioria das Criptomoedas que surgem de filmes, séries, videogames e diversos outros elementos da cultura pop aparecem como Memecoins, que são ativos apoiados num fator que está “hitado” no momento, servindo assim como um investimento de curto prazo, aproveitando o hype do assunto.

Apesar de existir sim iniciativas como essa que são de fato legítimas, os casos recentes de Memecoins da Barbie foram expostos por diversas plataformas de investidores como golpe na certa.

De acordo com pesquisas feitas por especialistas, até agora, já foram identificados mais de 30 golpes com criptomoedas envolvendo “Barbie”, disponíveis na internet, à procura de possíveis vítimas.

Um dos sites mais populares que faz essa filtragem no mundo de investimentos virtuais, o Token Sniffer, realizou uma auditoria entre os principais tokens criados em homenagem à Barbie, como barbie inu, ken, barbie swoon, barbie swap e barbie pink, e a maioria já aparece golpes explícitos.

Como evitar golpes Cripto

Segundo especialistas, a melhor forma de prevenir golpes como esse é ver a procedência das chains que estão por traz das produções desses ativos, além de procurar entender bem do assunto antes de começar uma empreitada de investimentos na Web3.

Em nota oficial, uma das especialistas do site Token Sniffer, Olga Svistunova, explicou ao público como funciona golpes desse tipo.

“Estreias e eventos grandes como filmes tão esperados trazem uma onda de expectativa, mas, em meio à emoção, é crucial que os usuários permaneçam alertas e sigam as regras básicas de segurança online. Ao manter uma mentalidade vigilante e praticar hábitos online seguros, podemos aproveitar ao máximo a experiência da Barbie e Oppenheimer, nos protegendo das ameaças cibernéticas que espreitam no mundo digital”, analisou Olga.

Desenho Infantil lança sua própria coleção de NFTs e faz sucesso estrondoso

A VeVe, uma Exchange baseada em aplicativos para colecionáveis digitais, licenciou personagens da Sesame Workshop para desenvolver NFTs da Vila Sésamo pela primeira vez na história, apostando na nostalgia de um dos seriados infantis mais bem sucedidos da história.

A VeVe é de propriedade da empresa de tecnologia Ecomi, com sede em Cingapura, e já lançou no último domingo, dia 19 de março, seu primeiro item da coleção, que conta com o emblemático Cookie Monster ao lado de um forno.

De acordo com anúncio da VeVe, haverá 5.555 mil edições deste Token Não Fungível (NFT) disponíveis, ao preço de 60 dólares cada, ou seja, cerca de 300 reais.

A empresa diz que lançará mais colecionáveis virtuais da Vila Sésamo ao longo do ano, sendo cada uma das coleções apreciando os personagens icônicos da série.

Empresa por trás do projeto é reconhecida no mercado

A VeVe foi criada em 2018 e oferece NFTs baseados em marcas populares como Disney, Star Wars, Marvel e DC, o que lhe deu total credibilidade no mercado e que vem crescendo exponencialmente nos últimos anos.

De acordo com dados oferecidos pela mesmo, a VeVe teria vendido mais de 8 milhões de NFTs por meio de seu mercado móvel, um número surpreendente visto principalmente na atual conjuntura, onde nem os NFTs das marcas mais famosas resistiram a pressão do Inverno Cripto.

Além da coleção da Vila Sésamo, mais recentemente a plataforma lançou colecionáveis digitais baseados em Howard the Duck e Rambo, sendo todos eles seguindo um padrão de preço, na casa dos 50 a 60 dólares.

Os NFTs estão atualmente numa montanha-russa de ondas de hype desde que estouraram em 2020. A indústria infantil percebeu, no entanto, junto com marcas populares tardiamente que o público infantil ou até o nostálgico podia ser abraçado pelo assunto.

As previsões e avaliações do tamanho e escala do mercado de NFT variam, com os críticos decretando uma moda passageira. Mas outros relatórios indicam que há potencial de crescimento em áreas específicas, como essa, focada em um público mais jovem e até infantil, com um crescimento anual da receita do mercado em 30-35% até 2030.

Ainda não existem previsões nem nomes ventilados para próximas coleções a serem lançadas nesse nicho, no entanto, fãs já tem seus favoritos.

Nomes da Disney, Cartoon e Nickelodeon são os mais pedidos não só pelo público jovem, como os “Boomers” também, que se vêem mais por dentro do assunto cripto, e que desejam ativos não só valorizados, mas também divertidos e carismáticos apostando não só na valorização, mas também na coleção, que num futuro distante pode enfim servir de ativo.

Confira 3 Filmes e Séries sobre o mundo Cripto na Netflix

Instaurado de vez como uma das grandes vertentes da economia, o mundo Cripto (Criptomoedas, NFTs e Metaverso) também vem tomando seu espaço em outras formas de mercado. Um dos principais é o de entretenimento, onde está concentrado os Games NFT.

No entanto, ao longo dos anos, produções multimídias vem sendo criadas para os fãs desse universo.

Filmes, séries e músicas já tratam de abordar do tema, existindo inclusive produtos voltados apenas para isso. Sendo assim, é claro que um dos maiores nomes do mercado de entretenimento nos dias de hoje, a Netflix, não ficaria de fora dessa moda.

Logo, confira agora três opções de séries e filmes disponíveis no serviço de streaming Netflix envolvendo o universo cripto/web3.

The Rise Of Bitcoin

Lançado em 2014, ‘The Rise Of Bitcoin‘ é um documentário que mostra como o Bitcoin mudou o cenário financeiro global, além de abordar de forma quase que de instrução o crescimento das principais altcoins no mercado da época

Revolucionária, a peça cinematográfica foi uma das primeiras produções a falar sobre o tema de forma mainstream.

Outro ponto interessante que o filme toca é o mistério por trás de Satoshi Nakamotouma, que seria a pessoa ou organização por trás da criação do Bitcoin, já que até hoje sua verdadeira identidade permanece oculta.

Crypto

Com nomes de peso no elenco, inclusive sendo protagonizado pelo ator Kurt Russell, conhecido por filmes como “Enigma de Outro Mundo” e “Elvis”, Crypto é um longa-metragem de suspense lançado em 2019, baseado em uma história real, sobre uma organização criminosa de Nova York que usa obras de arte para lavar dinheiro através do uso de criptomoedas.

Sendo um thriller de ação, a narrativa segue um jovem banqueiro de Wall Street, que seria o “vilão” da história.

Apesar de não focar no funcionamento técnico e geral do universo das Criptomoedas, o filme tem seus lampejos quando aborda fielmente todo o sistema Blockchain.

MADOFF: O monstro de Wall Street

Recém lançado na plataforma, ‘MADOFF: O monstro de Wall Street” chegou às telas da Netflix no Brasil no dia 4 de janeiro, onde conta a história de Bernie Madoff, um empresário que roubou milhões dos seus investidores para ter uma vida de luxo e poder.

A abordagem principal dessa minissérie documental se dá em todo o esquema deste golpista, até quando enfim foi desmascarado e todo seu plano entrou em colapso, acabando muitas vidas.

Assim como o filme “Crypto“, a minissérie não trata de abordar o assunto das Criptomoedas da forma mais técnica possível, no entanto, a produção faz questão de que de forma magistral seja de total entendimento a revelação em como se formou a maior pirâmide financeira da história, que gerou um prejuízo de 64 bilhões de dólares, ainda em 2008.

De acordo com críticos especialistas não só de cinema, mas do mundo Cripto, a produção audiovisual deixa estampado um verdadeiro legado quanto a atenção ao ambiente de golpistas que tentam repetir o esquema com o uso de cripto ativos na internet até hoje.

NFTs de Game of Thrones recebem críticas pesadas dos fãs; Veja o porque

Uma das mais premiadas e aclamadas séries de tv de todos os tempos, Game of Thrones é um daqueles universos que se expande por toda multimídia, atingindo os mais variados mercados e consequentemente públicos. O mais recente desses mercados explorados, é o de Tokens Não Fungíveis (NFTs), que diferente da série antológica, não recebeu o feedback positivo de seus fãs.

Com o nome de “Build Your Realm”, a coleção foi um sucesso de vendas inicial, tendo esgotado completamente apenas sete horas após seu lançamento.

A operação foi foda feita através do mercado de NFTs da Nifty, parceira da série no lançamento dos colecionaveis digitais.

A alta demanda e quantidade de compras se dá pela alta popularidade da série mesmo após o seu final, que apesar de polêmico, ainda faz com que a série seja uma das maiores de todos os tempos.

No entanto, existe outro motivo pelo qual a série e consequentemente os NFTs se mantêm em alta, já que o seu mais novo spinoff “House of the Dragon”, lançado em 2022 é também aclamado pela crítica e pelo público.

Grande público, sucesso de vendas e de crítica, nada disso impactou no fato de algo que incomodou muito os fãs que adquiriram os NFTs, a qualidade da arte dos artigos.

Cada um dos NFTs foram cunhados na blockchain Palm, que é uma sidechain da rede Ethereum desenvolvida especificamente para os tokens.

O design dos itens apresenta personagens com vários elementos do universo Game of Thrones, permitindo com que os colecionadores criem seus próprios reinos e avatares exclusivos com base em personagens, raças e as casas da série.

Apesar de promissor, tudo isso veio de forma desleixada de acordo com o público, principalmente no polimento dos personagens. Além disso, características cômicas predominam nos personagens, se assemelhando a “bugs”, como por exemplo o que mais chamou a atenção da comunidade, as mãos gigantes.

O twitter foi a principal fonte de reclamações da comunidade, chegando a ir aos trends devido a “zoeira” por parte das pessoas.

Demora na entrega dos NFTs também virou caso de reclamações

Além da qualidade dos NFTs, outro fator gerou a fúria dos fãs e colecionadores dos tokens de GOT (Game of Thrones), a forma de entrega para cada um deles.

A distribuição dos NFTs veio inicialmente por meio de uma pré-venda, que começou com mais de 3 mil ‘Hero Boxes’ e, em seguida, uma venda pública de mais 1,5 mil Hero Boxes quatro horas depois.

Cada uma dessas Boxes custa 150 dólares, ou na conversão para ETH (Ethereum), 0,11 ETH.

Cada box conta com um avatar de Herói, três Cartas de História e nove Cartas de Recursos, que podem ser usadas para personalizar de forma única seu NFT/Personagem.

Apesar de uma teoria de organização, muitos usuários reclamaram que tiveram de esperar mais de duas horas e meia antes de cunhar cada NFT.

Outros alegaram que quando enfim receberam suas NFTs, o preço mínimo já havia caído, ou seja, alterando o mínimo do qual pode ser comprado, dando um prejuízo enorme logo quando enfim tem em mãos.

As 20 melhores frases da Disney para se inspirar

Quando falamos de Disney, automaticamente pensamos em sonhos, aventuras, esperança e muita alegria. Afinal, os filmes e as frases da Disney são inspiradoras e passam mensagens bonitas para crianças, jovens e adultos. Ao longo da trajetória do estúdio, que existe desde 1923, diversos filmes clássicos marcaram gerações. Nós selecionamos as melhores frases da Disney para que você possa se inspirar e se encantar com o mundo.

Frases da Disney: as 20 melhores de todos os filmes

Com tantos sucessos, às vezes fica difícil lembrar aquela frase da Disney mais marcante. Nós selecionamos as 20 melhores frases dos filmes da Disney, para que você sempre tenha elas à disposição. Confira:

  1. “Ohana significa família. Família quer dizer nunca mais abandonar ou esquecer.” – Lilo e Stitch
  2. “Se não puder dizer algo bonito, é melhor não dizer nada.” – Bambi
  3. “Quando a vida decepciona, qual a solução? Continue a nadar! Continue a nadar!” – Procurando Nemo
  4. “Sempre deixe que sua consciência seja seu guia.” – Pinóquio
  5. “Ouça com o coração, e você entenderá.” – Pocahontas
  6. “A flor que desabrocha na adversidade é a mais rara e linda de todas.” – Mulan
  7. “Até mesmo milagres levam um pouco de tempo para acontecer.” – Cinderela
  8. “Prenda-se àquilo que o faz diferente.” – Dumbo
  9. “Vale a pena se derreter por algumas pessoas.” – Frozen
  10. “Se cada um cuidasse da própria vida, o mundo giraria bem mais depressa.” – Alice no País das Maravilhas
  11. “Nosso destino vive dentro de nós, você só tem que ser corajoso o suficiente para vê-lo.” – Valente
  12. “A sua identidade é sua mais valiosa posse. Proteja-a.” – Os Incríveis
  13. “No momento em que você duvida da sua habilidade de voar, você cessa para sempre sua chance de poder fazer isso.” – Peter Pan
  14. “O passado pode doer. Mas do jeito que eu vejo, você pode fugir dele, ou aprender com ele.” – O Rei Leão
  15. “O resto do mundo pode seguir as regras, mas eu sigo o meu coração.” – Viva! A Vida é uma Festa
  16. “Não é o exterior, e sim o interior que conta.” – Aladdin
  17. “Os momentos especiais de hoje são as memórias de amanhã.” – Aladdin
  18. “A beleza está dentro de você.” – A Bela e a Fera
  19. “Um verdadeiro herói não é medido pelo tamanho de sua força, mas sim pelo tamanho de seu coração.” – Hércules
  20. “Você é mais corajoso que acredita, mais forte do que aparenta e mais esperto que pensa.” – Ursinho Pooh
  21. “Um sonho é um desejo que o seu coração faz.” – Cinderela

Essas frases da Disney são incríveis não são? São totalmente inspiradoras! Muitas delas são profundas e oferecem lindas lições de vida. Se a sua frase da Disney preferida não estiver na lista, avise a redação do Pop deixando um comentário!

As melhores frases de Pulp Fiction

O filme Pulp Fiction é um grande clássico do cinema. O filme, de 1994, foi escrito e dirigido por Quentin Tarantino e marcou a carreira do diretor. O Pulp Fiction contou com a participação de estrelas de peso como John Travolta, Uma Thurman, Samuel L.Jackson, Bruce Willis e Tim Roth. Um dos aspectos que marcaram o filme no imaginário do público foram as excelentes frases de Pulp Fiction.

Lista com as melhores frases de Pulp Fiction

A redação do Pop compilou para você as melhores frases de Pulp Fiction para você se inspirar, seja na vida pessoal ou até mesmo na carreira. Aqui estão elas:

1. “Brinque com fósforos, e você se queima” – Vincent Vega

2. “Se as minhas respostas assustarem você, então deixe de fazer perguntas assustadoras” – Jules Winnfield

3. “Dane-se o orgulho. Orgulho só dói, ele nunca ajuda” – Marsellus Wallace

4. “Qualquer hora do dia é um bom momento para uma torta” – Fabienne

5. “Hambúrgueres: o pilar de qualquer café da manhã nutritivo” – Jules Winnfield

6. “Ezequiel 25:17. O caminho do homem justo é rodeado por todos os lados pelas injustiças dos egoístas e pela tirania dos homens maus. Abençoado é aquele que, em nome da caridade e da boa vontade, pastoreia os fracos pelo vale da escuridão, pois ele é verdadeiramente o guardião de seu irmão e o salvador dos filhos perdidos” – Jules Winnfield

7. “É assim quando você sabe que encontrou alguém especial. Quando você pode simplesmente calar a boca por 1 minuto e confortavelmente desfrutar do silêncio” – Mia Wallace

8. “Sim, os dias que passei esquecido estão terminando e, os dias em que serei lembrado estão apenas começando” – Pumpkim

9. “Não é mais emocionante quando você não tem permissão?” – Mia Wallace

10. “Você já ouviu a filosodia de que uma vez que o homem admite que está errado, ele é imediatamente perdoado por tudo de errado que já fez?” – Vincent Vega

11. “Um cão tem personalidade. A personalidade leva a um longo caminho” – Jules Winnfield

12. “Só porque você é um personagem não significa que você tem caráter”- The Wolf

O que achou da nossa seleção de melhores frases de Pulp Fiction? Se quiser acrescentar sua frase preferida na lista, basta deixar nos comentários.

 

 

William Bonner explica seu afastamento do JN

O Jornal Nacional, principal programa jornalístico da TV Globo no horário nobre, teve a ausência do apresentador William Bonner na última terça-feira (10). De acordo com o editor-chefe do produto, o motivo foi um problema na voz. Ele revelou a informação por meio de suas redes sociais na última quarta.

“Tenho trabalhado só na edição do JN, nesta semana. A voz anda ruim. Ontem, foi mais doloroso estar assim, sem condições de apresentar”, iniciou o comentário.

Em seguida, o comunicador acrescentou que gostaria de ter homenageado o jornalista Alberico de Souza Cruz. O ex-profissional da comunicação morreu no mesmo dia em que Bonner esteve ausente das telinhas por complicações de uma leucemia.

“Queria ter podido dar à família e aos tantos amigos o ar sincero de meu respeito, minha consideração e minha gratidão”, destacou WB.

“Foi um chefe importante. Foi quem me fez co-chefiar um telejornal pela primeira vez, há exatos 29 anos e 40 dias. Na última vez em que o vi, no aniversário de uma das filhas, motivadoras de orgulho justo e público, vi Alberico subir degraus que me haviam alterado a respiração, a frequência cardíaca, a autoestima. Com mais de 2 anos de batalha contra a doença, ele subiu os mesmos degraus com uma bengala na mão direita, os olhos brilhando. E chegou com aquele sorriso dos vitoriosos. Não estava nem aí pros degraus. Tinha vitórias mais importantes e perenes de que se orgulhar”, escreveu como declaração.

Âncora do primeiro telejornal brasileiro via satélite, William Bonner está na TV Globo desde o dia 16 de novembro de 1963. Ele entrou no Jornal Nacional em 1996, onde soma as figuras de apresentador e editor-chefe do programa.