20.6 C
São Paulo

Mais de 250 milhões crianças no mundo vivem em zonas de conflito

É Pop!

Dados recém-divulgados do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) mostram que cerca de 250 milhões de crianças em todo o mundo vivem em países afetados por conflitos. “O número de crianças envolvidas nas crises humanitárias em todo o mundo é impressionante e consternador”, destacou a entidade. Em um pedido de ajuda humanitária, a organização sinalizou que precisará de aproximadamente 2,8 bilhões de dólares para conseguir dar mais suporte a estes jovens. O orçamento da agência da ONU chegou a duplicar em dois anos por conta dos conflitos e condições meteorológicas extremas.

cidadania-saiba-sobre-relatório-do-Unicef-mais-de-250-milhões-crianças-no-mundo-vivem-em-zonas-de-conflito

Unicef pede ajuda financeira para dar suporte aos jovens que sofrem com a guerra e condições meteorológicas extremas. (Foto: Uriel Sinai/Getty Images)

Este problema trás consigo outros agravantes, expondo as crianças a falhas com nutrição, à violência e abuso, e também a muitas doenças. “Cerca de uma criança em cada nove no mundo vive atualmente nas zonas de conflito”, destacou o Unicef em um comunicado.

A ajuda orçamentária pedida pela entidade permitiria ajudar 76 milhões de pessoas, entre as quais, 43 milhões são crianças. A verba seria distribuída para 63 países, sendo que a maior parte ajudaria principalmente a Síria, que enfrenta uma guerra civil há cinco anos.

Nos gastos também estão inclusos investimentos em educação para crianças em situação de emergência.

comente
- Advertisement -spot_img

Leia também

- Advertisement -spot_img

Últimas Notícias