2023 se torna ano dos fracassos para Games NFT; Entenda

De acordo com um estudo recente publicado pela CoinGecko, mais de três quartos de todos os jogos  blockchain lançados nos últimos cinco anos desapareceram.

Dos 2.817 jogos lançados entre 2018 e 2023 incluídos no estudo, apenas 690  ainda possuem uma base significativa de jogadores ativos.

Embora 2021 tenha visto o maior número de jogos  blockchain lançados em um único ano, com 738 jogos,  o maior número de jogos falhou no ano seguinte, quando a indústria de criptomoedas sofreu uma desaceleração significativa. Depois de apenas um ano, 742 falharam.

De acordo com a CoinGecko, isso resultou em jogos Web3 com uma taxa média de falhas de cerca de 80% ao ano desde 2018.

Veja os Games NFT que se mantiveram em alta durante 2023

A CoinGecko observou que os anos que registraram menos fracassos tendem a coincidir com o retrocesso dos mercados de alta, enquanto os anos de maior fracasso ocorreram no início de ciclos de mercado de baixa.

CryptoKitties foi um dos primeiros jogos da Web3 que despertou o entusiasmo dos usuários. Após obter um grande sucesso em 2017, o jogo não conseguiu sustentar a sua base de usuários. Decentraland, The Sandbox e Axie Infinity estão entre outros jogos Web3 que foram lançados nos anos iniciais do último ciclo de alta e ainda são amplamente jogados hoje.

De acordo com dados da CoinGecko, Alien Worlds, Splinterlands e Planet IX tiveram as três  carteiras ativas médias mais altas entre 1º de janeiro e 22 de abril de 2023, de acordo com os dados mais recentes.

Embora 2022 tenha registrado o maior número de jogos falhados, 2023 registrou um abrandamento nas tendências negativas da indústria. Em 27 de novembro deste ano, havia apenas 507 projetos fracassados.

Sony garante que 2023 será ano ‘muito importante’

Uma das principais companhias da indústria de games, a Sony, projeta ampliar o alcance do console PlayStation 5. Na visão da companhia, a temporada de 2023 será de extrema importância para a projeção do PS5. É o que garante o vice-presidente sênior de experiência de plataforma, Hideaki Nishino.

Em entrevista à revista japonesa Famitsu, o jornalista recordou o console anterior da empresa, que recebeu o PlayStation 4 Pro, e indagou acerca da pretensão da empresa em fazer algo semelhante ao PS5, que oficialmente iniciou seu terceiro ano.

“Acreditamos que as vendas totais vão ultrapassar 37 milhões de unidades até o fim do ano fiscal de 2022, e isso também será um momento importante para a plataforma”, inicia o executivo. “Não posso ser muito específico por enquanto, mas espero que vocês aguardem ansiosos pelo próximo ano”, finaliza.