22.1 C
São Paulo

Gwen Stefani se sentiria abençoada se tivesse filho gay

É Pop!

Em alta no cenário musical atual, a cantora Gwen Stefani certamente ganhará novos fãs após a declaração que deu ao site Pride Source. Perguntada como agiria se um de seus filhos lhe contasse que era homossexual, a ex-vocalista da banda No Doubt não teve dúvidas e afirmou: “Eu seria abençoada se tivesse um filho gay – você sabe que eu me sentiria abençoada a respeito disso”. A artista foi casada durante 13 anos com o também cantor Gavin Rossdale, vocalista da banda Bush, com quem tem três filhos meninos. O casal se divorciou em 2015.

Eu só quero que os meus meninos sejam felizes e saudáveis, e eu só peço a Deus que me guie todos os dias para ser uma boa mãe, porque esse não é um trabalho fácil.

Caso um de seus garotos realmente goste de outros garotos, Gwen já saberá o que fazer para se tornar uma mãe melhor. “Eu sempre pergunto aos meus amigos gays como eles se sentiam quando eram criança, porque eu sei que é difícil ser alternativo ou diferente – enfim, não ser o padrão, se você quiser chamar assim”, declarou.

A afirmação pró-LGBT vem um em dos melhores momentos da carreira de Gwen. Pela primeira vez desde os tempos de No Doubt, um disco da artista estreou logo no primeiro lugar da parada Billboard dos Estados Unidos. O mais recente álbum da cantora, “This Is What the Truth Feels Like”, vendeu 84 mil unidades na semana de estreia, de acordo com cálculos incluindo serviços de streaming. Destruidora mesmo, viu.

comente
- Advertisement -spot_img

Leia também

- Advertisement -spot_img

Últimas Notícias