14.4 C
São Paulo

ISIS divulga vídeo com ameaças a CEOs do Twitter e Facebook

É Pop!

Os diretores executivos do Facebook, Mark Zuckerberg, e do Twitter, Jack Dorsey, estão na mira do ISIS. Em um novo vídeo divulgado nesta quarta-feira (24), um grupo de hackers, que se diz ligado ao Estado Islâmico, fez ameaças aos dois chefes das redes sociais. O material, com cerca de 25 minutos, tem assinatura do grupo Sons of Caliphate (filhos do califado), apontado como o braço cibernético do EI. A intimidação foi, provavelmente, uma resposta às ações realizadas pelo Facebook e Twitter contra contas mantidas por simpatizantes e militantes de organizações terroristas.

No ano passado, segundo reportagem da NBC, este mesmo grupo chegou a publicar informações pessoais e sigilosas de centenas de militares e funcionários do governo norte-americano. Agora, o novo vídeo traz imagens de supostos integrantes hackeando contas em redes sociais. O Sons of Caliphate afirma controlar mais de dez mil perfis e 150 grupos no Facebook e cinco perfis no Twitter.

“Se vocês fecharem uma conta, nós vamos tomar dez e em breve seus nomes serão apagados após nós deletarmos os sites de vocês, se Alá quiser. E vocês saberão que o que dizemos é verdade”, dizem os militantes.

O Estado Islâmico mantém uma relação de amor e ódio com as duas redes sociais. Enquanto o grupo terrorista faz uso extensivo de ambas as plataformas para radicalizar potenciais recrutas e difundir a sua propaganda em todo o mundo, tanto o Facebook como o Twitter estão reunindo esforços para bloquear os extremistas dos sites.

comente
- Advertisement -spot_img

Leia também

- Advertisement -spot_img

Últimas Notícias