16.7 C
São Paulo

Conheça a coleção de NFTs de gigante da Premier League

É Pop!

Apesar de recentemente ter dado sua entrada no mercado de Fan Tokens, ativos esportivos que trazem benefício aos torcedores, já a algum tempo o Liverpool está presente no universo de ativos digitais. Prova disso é a coleção de NFTs LFC Heroes, lançada em abril com parceria com a Blockchain Sotheby’s.

O LFC Heroes Club conta com uma espécie de caricaturas personalizadas de 24 estrelas do plantel do Liverpool e também de heróis da história e comissão técnica da equipe.

As NFTs ficaram disponíveis durante três dias para compra, esgotando antes do prazo previsto que era do dia 30 de abril até 1 de maio.

Baseado em uma rede de Polygon, inclusive a mesma onde foi montado o mercado de tokens do time, o Liverpool ainda não revelou o quanto de lucratividade obteve até o momento.

Os NFTs do Liverpool são separados em duas categorias de colecionáveis digitais, que definem raridade, valor e escassez.

Categorias essas, são um conjunto de 24 NFTs chamadas de ”Lendários”. E o segundo, ”Hero Edition”, esse que contém imagens de vários jogadores do atual e de antigos plantéis, criando um ativo digital único.

A ideia do clube inglês, atual vice-campeão da Champions League, seria de que cada torcedor que possui um NFT está apto a fazer parte de uma comunidade de torcedores do time, meio que como um clube exclusivo de detentores do token.

Essa liga de parceiros dá acesso a fóruns, experiências únicas entre a torcida, competições organizadas pelo Liverpool e até mesmo descontos em produtos oficiais.

A proximidade entre o time e a torcida neste projeto foi confirmada por Drew Crisp, vice-presidente da área de atuação digital do Liverpool, em anúncio feito em abril.

“O lançamento do LFC Heroes Club é uma iniciativa inédita, que busca trazer uma maneira nova, empolgante e inovadora para os torcedores de todo o mundo se envolverem com o clube”, afirmou Crisp.

NFTs do Liverpool contam com causa nobre por trás

Além de servir como um ativo de lucratividade e também de proximidade e ativação com os fãs, o Liverpool usa dos NFTs como causa social já que metade dos lucros do leilão feitos pela compra dos tokens não fungíveis,”Lendários” e “Herói”, foram todas destinadas para o apoio a LFC Foundation, instituição de caridade do Liverpool que já a anos contribui para a formação e ajuda dos mais necessitados.

E essa ação não se manteve apenas na estreia, até esses 20% de lucro somados entre as duas coleções, seguem indo diretamente para o LFC Foundation, que também recebe auxílio do clube por meio da participação com o Fan Token.

Ainda em anúncio feito a época, Drew Crisp, contou sobre a oportunidade de ajudar a fundação, além de afirmar que a entrada no mercado busca atingir os jovens, que são o futuro da torcida do Liverpool.

“Essa é uma grande chance de oferecer aos torcedores algo realmente especial e, ao mesmo tempo, retribuir à nossa LFC Foundation”, declarou Drew.

“Sabemos que nem todos os torcedores estarão prontos para explorar o mundo dos NFTs. No entanto, realizamos uma pesquisa aprofundada com torcedores antes de entrar neste mercado. Descobrimos que quase um quarto dos jovens de 18 a 34 anos provavelmente participariam das ofertas oficiais de NFT do clube”, completou.

- Advertisement -spot_img

Leia também

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisement -spot_img

Últimas Notícias