Entenda o porquê Jogos Cripto podem ser a melhor escolha para grandes pagamentos

O mundo Cripto , em suas diversas formas, conquistou o mundo desde que o Bitcoin explodiu pela primeira vez, há quase 15 anos. A criptografia, como todos sabemos, é usada para uma ampla variedade de compras, mas talvez seja mais conhecida por ser uma mercadoria valiosa quando se trata de jogos online.

Mas, como muitos online sugeriram, os jogos criptográficos podem realmente levar a pagamentos mais elevados? Esta se tornou uma questão candente para muitos nos últimos tempos. E a resposta é mais complicada do que você imagina. Embora as plataformas criptográficas ofereçam transações mais rápidas e recursos de privacidade aprimorados, é crucial compreender as nuances entre os cassinos criptográficos e fiduciários antes de fazer qualquer suposição sobre o tamanho do seu pagamento.

Quais as diferenças entre os Jogos Cripto

Os cripto-cassinos dedicados, como você deve ter adivinhado, facilitam as transações usando moedas digitais como Bitcoin, Ethereum e Litecoin. Eles também apresentam uma ampla gama de opções de jogos, abrangendo slots, jogos de mesa e experiências com crupiê ao vivo, refletindo exatamente o que você encontraria em cassinos fiduciários. Alguns cassinos criptográficos de destaque até lançam jogos internos exclusivos, atendendo aos jogadores que buscam experiências novas e emocionantes.

No entanto, o verdadeiro fascínio dos casinos criptográficos reside nos seus processos de transação rápidos e seguros, juntamente com o elevado anonimato do utilizador. E, embora certos cassinos criptográficos possam ocasionalmente exibir pagamentos superiores para jogos selecionados, tais casos nem sempre são uma ocorrência regular.

A taxa de pagamento de um casino depende de uma variedade de factores, tais como o tipo de jogo, os regulamentos do jogo e as regras e regulamentos do casino online. É importante familiarizar-se adequadamente com a métrica RTP (retorno ao jogador). Este valor significa a parte da aposta de um jogador que – teoricamente – retorna à sua conta durante sessões de jogo prolongadas.

Idealmente, jogos idênticos em plataformas distintas deveriam apresentar RTPs idênticos. No entanto, os casinos podem ocasionalmente ajustar as configurações, o que, por sua vez, distorce a dinâmica de pagamento a seu favor. Essas alterações podem influenciar significativamente os resultados do seu jogo; por isso, quando lhe forem apresentadas estatísticas de casino, procure sempre os melhores sites e números de casino RTP e opte pela percentagem mais favorável.

Fazendo dinheiro com Jogos Cripto

Depois dessas informações, é possível ver que às vezes é possível obter pagamentos mais elevados com jogos criptográficos. No entanto, se você quiser ganhar muito dinheiro quando se trata de jogos online, blockchain e jogos pagos podem ser exatamente o que você está procurando.

A tecnologia Blockchain iniciou uma espécie de revolução na indústria de jogos, dando origem a jogos do tipo jogue para ganhar, que muitas vezes oferecem recompensas substanciais aos jogadores. Ao contrário dos modelos de jogos convencionais, onde as recompensas são muitas vezes confinadas ao ecossistema do jogo, os jogos “jogue para ganhar” aproveitam a transparência e a segurança do blockchain para facilitar os pagamentos no mundo real.

Hackers se aproveitam de Jogo Web3 para roubar usuários; Veja como evitar

Em um encontro arrepiante com golpistas de criptografia, uma vítima recentemente compartilhou um relato emocionante de um desastre financeiro que escapou por pouco. A vítima acessou o X (antigo Twitter) e destacou as ameaças do esquema criptográfico “mais sofisticado”. Ele revelou um esquema elaborado centrado em um jogo NFT Web3 falso chamado MythIsland.

A saga começou no X quando a vítima foi contatada pelo identificador, @ameliachicel. Amelia tentou atrair o indivíduo visado com uma oportunidade de emprego vinculada a uma posição na Solidity para o suposto jogo Web3. O jogo, MythIsland, consistia em NFTs e economias do jogo, não deixando margem para dúvidas.

Os golpistas demonstraram sofisticação incomparável em sua abordagem. Os executores do crypto scam apresentaram um site meticulosamente elaborado para MythIsland. Além disso, a vítima, inicialmente cautelosa, mas gradualmente convencida, notou os gráficos impressionantes e os links funcionais do site.

Redes Sociais foram importantes para frear inda de golpes

Uma equipe aparentemente transparente e “doxxed” por trás do jogo Web3 adicionou uma camada de credibilidade à sua estratégia. Depois disso, a transição do X para o Telegram marcou uma mudança fundamental no desenrolar do drama do sofisticado golpe de criptomoeda.

No Telegram, surgiram conversas detalhadas sobre o jogo, detalhes do trabalho e apresentações a supostos membros da equipe. A parte visada começou a considerar isso uma oportunidade legítima e foi então solicitada a baixar o inicializador do jogo no site aparentemente autêntico.

No entanto, demonstrando uma visão louvável, a vítima optou por configurar o Microsoft Defender Antivirus antes de baixar o arquivo .exe suspeito. Quando o indivíduo em questão clicou em ‘registrar-se’, uma barra de progresso apareceu. Depois disso, uma caixa de erro foi exibida, que dizia: “Erro: atualize o .NET Framework”.

Depois que a vítima repetiu esse problema para a equipe supostamente legítima, eles sugeriram tentar o inicializador em outra máquina Windows. A essa altura, a vítima ficou cética e suas dúvidas foram recebidas com uma reviravolta inesperada. Os fraudadores apagaram rapidamente todos os vestígios de comunicação e bloquearam o indivíduo em todas as plataformas.

Entenda o porque quase todos Jogos Web3 fracassaram em 2023

O setor de games em blockchain, também conhecido como GameFi esteve em claro declínio em 2023, após um boom estratosférico em 2022. De acordo com um levantamento recente do sistema de pesquisa Cripto “CoinGecko”, cerca de 2 mil jogos web3 falharam nos últimos meses, um recorde desde o surgimento do nicho GameFi.

Em termos percentuais, isso representa 75% dos games web3 lançados. Em outras palavras, 3 em cada 4 jogos web3 ficaram inativos, segundo o estudo.

Com isso, a taxa média anual de falhas para jogos web3 foi de 80,8% de 2018 a 2023, com base no número de games que falharam em comparação com os lançados.

Conforme destacou o CoinGecko, após o sucesso dos CryptoKitties no final de 2017, os jogos do tipo “jogue para ganhar” (ou play-to-earn) tornaram-se populares no setor. Como resultado disso, 422 games de web3 chegaram ao mercado no ano de 2018. Contudo, 307 falharam no mesmo ano.

Interesse em Jogos Web3 diminuiu drasticamente

Além disso, o desenvolvimento e o interesse em GameFi desaceleraram em meio ao mercado baixista de 2019 a 2020. Nesse período, apenas 244 jogos de web3 foram lançados. Ao mesmo tempo, a taxa de falha dos jogos web3 aumentou para 94,3% em 2019 e manteve-se em 94,2% em 2020.

O ano de 2021 registrou a taxa de falha mais baixa em jogos web3, de 45,9%, devido à corrida de criptomoedas. Isso ocorreu apesar do número de jogos web3 com falha ter saltado para 339 em 2021, superando 2018.

Empresa de Jogos NFT Brasileira quebra e demite seus funcionários; Entenda

Uma das pioneiras no mercado brasileiro quando se trata da implementação de web3 em games, a BAYZ, protagonizou no fim de janeiro uma crise que chamou atenção no mercado de Jogos NFT. A startup brasileira acabou por demitir cerca de 80% de seus funcionários, indo de um número de 85 pessoas para cerca de 15.

A informação partiu de uma fonte anônima, que em declaração ao portal de notícias “Mercado Bitcoin“, contou que a ação partiu de um corte de gastos da firma e que, os demitidos já buscam novas ocupações no mercado.

Ainda em anonimato ao Portal do Bitcoin, um funcionário teria informado que foi pego totalmente de surpresa, e que não esperava naquele momento uma demissão em massa mesmo nessas circunstâncias do mercado.

Tal acontecimento é reflexo de um grande colapso no mercado Cripto e Web3 no geral devido ao “crash” da FTX, uma das maiores plataformas de Criptoativos do mundo. A queda de tal gigante fez com que diversas áreas e empresas parceiras também sucumbissem junto, o que justificou João Borges, co-fundador da BAYZ, em comunicado via Slack.

“Estávamos trabalhando em uma rodada de investimentos que foi pausada por ora. Devido à situação do mercado, que prejudicou nossos clientes, e com a não efetivação do aporte até a presente data, infelizmente, teremos que adpatar diversos departamentos da empresa de forma que possamos honrar os serviços prestados até o momento”, afirmou João.

BAYZ justifica demissões como ajustes

Já há algum tempo não é novidade a queda de diversos funcionários nas mais diversas empresas do mercado Web3, no entanto, quando se é tão próximo do público no Brasil, o assunto chama atenção.

Com todo o burburinho causado com as declarações e informações “vazadas”, a BAYZ se pronunciou em nota e justificou a saída dos mais de 60 funcionários como uma espécie de ajuste e adaptação a essa nova era que estaria por vir no universo dos Ativos Digitais.

“Acompanhando as movimentações e desafios do mercado de criptomoedas dos últimos meses, foi preciso adaptar a empresa ao momento atual do setor. Isso incluiu fazer ajustes na estrutura da companhia, com desligamento de parte dos nossos colaboradores. Sentimos muito por encerrar a jornada destes profissionais e somos gratos por suas contribuições”, declarou.

Recentemente a BAYZ firmou uma de suas mais importantes e relevantes parcerias em questão de marketing no universo dos Games NFT, trazendo um collab com o anime “Capitão Tsubasa“, febre nos anos 90 na televisão brasileira.

A BAYZ ganhou nome no Brasil após em fevereiro de 2022 o brasileiro Gui Barbosa se tornar diretor geral do projeto, vindo de um currículo prestigiado com trabalhos no Tiktok.

Conheça o projeto de Jogo NFT de Danilo Gentili

Um dos atuais grandes nomes da comunicação no Brasil, o humorista e apresentador Danilo Gentili, comandante do diário talkshow The Noite, no SBT, irá lançar seu próprio projeto web3, que mescla Games, Metaverso e NFT, em mundo virtual chamado de “Brazuera”.

Ainda sem maiores detalhes, é difícil de se imaginar o que está por vir da mente de Gentili, que se for levada em conta devido ao poster já divulgado, estará presente principalmente características totalmente brasileiras, como o amado cachorro caramelo e as piadas depreciativas ao governo, famosas nas pautas do apresentador.

Além do pôster, junto do post publicado em seu Twitter, também está uma indicação para o site do projeto Brazuera.

Publicado no dia 24 de outubro, ainda não há informação sobre desenvolvimento nem data de lançamento, assim como o anúncio foi feito no Twitter.

Apesar disso, o site detalha algumas coisas importantes sobre ideias, que até partem para um início de parte técnica, onde Gentili escreve que “aquele que se interessar pela coleção de NFTs poderá fazer parte de uma comunidade que ousou apostar na valorização de uma ideia”.

Vendas de NFT do projeto de Danilo Gentili já está disponível

Ainda no site, seguindo a linha de convite para investimento, o usuário recebe a mensagem que já se pode comprar um NFT, que de acordo com a página, lhe dará o direito à “cidadania no BRAZUERA”.

No mesmo dia 24, uma lista de espera para compra do ativo foi ativada, e 4 dias depois, no dia 28, em transmissão ao vivo do programa na internet Flow Podcast, Danilo e seu projeto enfim abriu a fila, permitindo a compra aberta diretamente com uma carteira de criptomoedas descentralizada para os tokens não fungíveis (NFT).

Apesar de não muitos detalhes, um dos principais pronunciamentos do comediante foi quanto ao destaque em cima do Vira-lata Caramelo, escolhido como símbolo do Brasil recentemente em toda a internet.

“Esse é o nosso espírito e é ele que nos conduz! Somos um povo sem raça, embora tenhamos todas as raças em uma só, podemos ser espertos como as serpentes porém somos dóceis como os pardais, sobrevivemos às piores condições de abandono sem nunca perdermos a ternura”, revela Danilo Gentili.

Essa não é a primeira relação de Danilo com o universo web3, já que como integrante do time televisivo do SBT, o mesmo fez parte do projeto de Tokens e Metaverso da emissora, em comemoração aos seus 70 anos de existência.

Apesar de não ser o idealizador, Gentili atuou de forma indireta sendo até mesmo um NFT, onde em forma de arte, aparecia com a peça “Danilo Sinatra in Concert”, uma versão digital e estilizada do apresentador do canal aberto.

NBA e Sorare vão criar jogo NFT de basquete

A NBA, maior liga de basquete dos Estados Unidos, e a Sorare, startup francesa, vão criar um jogo NFT de basquete. A NBPA, associação de jogadores da organização, também faz parte da parceria. A liga anunciou a colaboração no dia 7 de setembro. O jogo será lançado em paralelo à temporada 2022/2023 da NBA, marcada para começar no dia 18 de outubro, mas você já pode entrar na lista de espera no site sorare.com/NBA.

O que já sabemos sobre o jogo

O jogo será baseado em cards NFTs de jogadores da liga, parecido com os modelos que já conhecemos da Sorare, que já tem um jogo de futebol no estilo e um de beisebol em parceria com a MLB. Colecionando os cards, os usuários criam um time para participar de competições e torneios online, ganhando outras recompensas por seu desempenho no jogo. Os cards de jogadores se baseiam na performance dos atletas no mundo real.

O jogo é baseado no modelo “free-to-play”, de graça para jogar, ou seja, você não precisa comprar um NFT para começar a jogar, já que eles também podem ser conquistados em competições internas. Os cards também podem ser negociados em mercados secundários. 

O que disseram sobre a parceria

Segundo o anúncio oficial, o jogo é uma nova oportunidade para os fãs interagirem com a liga, além de participarem de uma experiência de jogo única. O comissário da NBA, Adam Silver, afirma que, com a plataforma NFT emergente da Sorare, a liga enxerga oportunidades de ampliar a comunidade de fãs e divulgar o basquete da NBA ao redor do mundo. 

Tamika Tremaglio, diretor executivo da NBPA, reafirmou a empolgação pela parceria e pelo efeito que a Sorare terá no aumento dos jogadores e do game globalmente. Ele ainda elogiou a startup, afirmando que ela “tem criado uma experiência jogável inovadora que cria um jeito totalmente novo para os fãs de todo o mundo interagirem e aprenderem mais sobre os nossos jogadores. 

“Basquete é um dos esportes mais populares no mundo e nós estamos empolgando de trazer os fãs para ainda mais perto de seus times e jogadores preferidos através da Sorare: NBA”, afirmou Nicholas Julia, cofundador e CEO da Sorare. “A NBA esteve na vanguarda das experiências e dos colecionáveis digitais e o nosso jogo dá aos fãs de basquete a melhor experiência esportiva de entretenimento, onde eles podem jogar como gerentes, possuir o jogo, e criar conexões no mundo real”, completou.

NBA e o mundo da Web3

Este não é o primeiro investimento da NBA no mundo dos NFTs. No ano passado, em parceria com a DapperLabs, a liga lançou o projeto NBA Top Shot, que transforma clipes de momentos marcantes de partidas em tokens não fungíveis, os NFTs. 

O que é a Sorare?

Fundada em 2018, a Sorare é uma startup francesa e uma plataforma de jogos esportivos baseados em cards NFTs que já acumula mais de 1,8 milhão de usuários. O jogo de futebol conta com mais de 280 times oficialmente licenciados. No final de junho deste ano, o jogador francês e craque do Paris Saint-Germain, Mbappe, tornou-se embaixador oficial da plataforma. A plataforma ainda tem parceria com a MLB, maior liga de beisebol dos EUA.