16.5 C
São Paulo

Acesso global à internet é impossível de acontecer até 2020

É Pop!

De acordo com estimativas feitas pelas Nações Unidas no ano passado, toda a população mundial deveria ter acesso à internet até 2020, incluindo as nações menos desenvolvidas. Contudo, segundo um novo estudo realizado pela Alliance For Affordable Internet (A4AI), esta meta está um pouco mais longe de ser alcançada. Para a entidade – que é formada por grupos como Google, Facebook, World Wide Web Foundation, além de vários governos –, o acesso universal à rede só se tornará possível em 2042.

Meta global de acesso à internet será adiada para 2042. De acordo com novo relatório, mulheres pobres serão as últimas a desfrutar da conquista. (Foto: Reprodução /Cajutel)

A nova análise foi divulgada pela A4AI no maior evento de telefonia móvel do mundo, o Mobile World Congress, em Barcelona. Confira um trecho do relatório:

Sem uma reforma urgente, em 2020 veremos apenas 16% das pessoas nos países mais pobres do mundo, e 53% do mundo como um todo, conectadas. Este atraso na conectividade prejudicará o desenvolvimento global como um todo, contribuindo para a perda de oportunidades de crescimento econômico e negando a centenas de milhões de pessoas acesso a educação online, serviços de saúde, voz política, e muito, muito mais.

Para a entidade, uma das maiores dificuldades para se quebrar esta barreira é a desigualdade de renda. Só para citar como exemplo, apenas nove de 51 países abrangidos no relatório conseguiriam atingir a meta global e inserir a população com os mais baixos salários recebidos.

Outra análise também mostrou que a situação se agrava ainda mais para as mulheres. A desigualdade de gênero entre aquelas com menos poder aquisitivo é o fator mais difícil a ser superado em grande parte do mundo.

comente
- Advertisement -spot_img

Leia também

- Advertisement -spot_img

Últimas Notícias