21.3 C
São Paulo

Famosas ilhas artificiais de Dubai estão afundando

É Pop!

O crescimento assustador que a cidade de Dubai, nos Emiratos Árabes Unidos, teve nas últimas décadas refletiu em construções cada vez mais exóticas e ousadas. Um desses megaprojetos é o The World (O Mundo), um arquipélago feito pelo homem que retrata o mapa múndi. As cerca de 300 ilhas artificiais foram um sucesso de vendas no início dos anos 2000 – as construções começaram em 2003 – mas a crise de 2008 repercutiu tanto na obra quanto na comercialização dos espaços. Agora, o arquipélago enfrenta outro tipo de problema.

Imagem de satélite mostra o arquipélago próximo à costa de Dubai (Reprodução).

Imagem de satélite mostra o arquipélago próximo à costa de Dubai (Reprodução).

De acordo com a Penguin Marine Boat Services, a companhia responsável pela logística marinha das ilhas O Mundo, o arquipélago está afundando e não demorará muito para que a obra faraônica esteja toda embaixo do mar. O advogado Richard Wilmot-Smith, representante da empresa, fez um pronunciamento oficial declarando que “as ilhas estão gradualmente imergindo nas águas” e que há sinais de “erosão e deterioração” no solo.

O emirado cresce para cima com os arranha-céus e para os lados sobre o oceano (iStock).

O emirado cresce para cima com os arranha-céus e para os lados sobre o oceano (iStock).

Localizado em alto-mar, a poucos quilômetros da costa do emirado, o arquipélago foi construído com a areia encontrada no fundo do mar, exatamente do local onde as ilhas foram edificadas. Apesar de mais de 70% das terras terem sido vendidas – a preços exorbitantes – nenhum dos “países” é habitado, com exceção da Groelândia, que é de propriedade da família real de Dubai.

comente
- Advertisement -spot_img

Leia também

- Advertisement -spot_img

Últimas Notícias