20.3 C
São Paulo

Cidade construída quer ser referência em sustentabilidade

É Pop!

 

Não é de hoje que o governo chinês tem incentivado a construção de grandes cidades do zero a fim de povoar o interior do país. A novidade, no entanto, é que as autoridades de Xi’na – famosa pelos soldados do imperador Qin, feitos de terracota – pretendem fundar um verdadeiro laboratório de iniciativas sustentáveis. O projeto foi idealizado por uma equipe da Universidade de Stuttgart, Alemanha, chefiada pelo professor Helmut Bott, e recebeu financiamento do Banco Mundial.

A área de 291 hectares, localizada junto ao Rio Wei, vai contar com cerca de um terço do terreno reservado a plantas e árvores, entre parques, praças, canteiros e terraços verdes. A transformação da grande área ociosa em um local receptivo aos pedestres capaz de abrigar até 40 mil pessoas faz parte da tentativa da China de revitalizar a chamada Rota da Seda, que liga o litoral do país à Ásia Menor.

O centro vai contar com casas, escolas, hospitais e até centros comerciais, além do mais novo campus da Universidade de Xi’an Jiatong. De acordo com Bott, o projeto aponta em direção a um futuro em que a cidade e o campo coexistam. “O distrito é composto por uma série de pequenos vilarejos, cada um com suas próprias áreas residenciais, educacionais, comercias e de pesquisa. As regiões se juntam próximo ao rio e se separam em um campo dedicado a plantações experimentais”, explica o pesquisador.

Imagens: Divulgação

Tags

comente
- Advertisement -spot_img

Leia também

- Advertisement -spot_img

Últimas Notícias