21.3 C
São Paulo

Ferramentas de IA com identificação de emoções são suspensas pela Microsoft

É Pop!

A Microsoft suspenderá as vendas de ferramentas de reconhecimento facial com inteligência artificial (IA). Dessa maneira, um software capaz de identificar emoções a partir dos retratos do rosto de uma pessoa também será paralisado. O anúncio da medida aconteceu na última terça-feira (21).

Conforme a empresa, a utilização destes programas gera debates referentes à privacidade dos usuários. Essas soluções também receberam críticas de especialistas, por causa da falta de capacidade da tecnologia em relacionar a expressão facial com o estado emocional em alguns aspectos.

Influenciada por revisão nas política de ética de IA da companhia tecnológica, a decisão busca ampliar responsabilidade no uso das ferramentas inteligentes. Em síntese, o acesso a alguns serviços de reconhecimento facial (Azure Face) ficará restrito. Por outro lado, outros recursos serão completamente removidos.

Por meio do comunicado, a Microsoft também confirmou a extinção da ferramenta de identificação de características físicas, como idade, cabelo e sexo, realizada pelo Azure Face. Questões como soluções com potencial de prejuízo reduzido, a exemplo das capazes de desfocar rostos em fotos e vídeos, vão permanecer disponíveis.

Nesse sentido, a partir da suspensão da comercialização das tecnologias de reconhecimento facial com IA, a companhia sequer deixará o acesso de novos usuários às ferramentas de detecção de emoções e atributos físicos.

Contudo, os clientes antigos continuam com o acesso até o dia 30 de junho de 2023. Outros recursos continuarão em uso pela empresa no app Seeing AI. A plataforma apropria o aprendizado de máquina na explicação de cenas para pessoas com deficiência visual.

- Advertisement -spot_img

Leia também

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisement -spot_img

Últimas Notícias