15.1 C
São Paulo

Mesa-tenista de 93 anos busca classificação olímpica

É Pop!

Nunca é tarde demais para correr atrás de seus sonhos. A frase de efeito se aplica perfeitamente ao caso do norte-americano Bill Guilfoil. O aposentado de 93 anos está disposto a deixar a vida tranquila de lado, ao menos por um tempo, para se dedicar à árdua tarefa de se classificar para a maior festa do esporte: as Olimpíadas do Rio de Janeiro, em agosto deste ano. A chance será em fevereiro, na seletiva dos Estados Unidos que definirá os quatro últimos qualificados para a competição.

Em entrevista à rede de televisão NBC, Bill conta que pratica a modalidade desde os 13 anos de idade (ou seja, há 80 anos) e lembra que já esteve entre os melhores do país quando era mais novo. “O tênis de mesa é um esporte para a vida toda. Me sinto bem. Na minha idade, não tenho qualquer problema nas costas ou nos ombros”, observa. Para participar do pré-olímpico nacional nos EUA, basta pagar a taxa de inscrição e ser associado da federação, requisitos cumpridos por Bill.

Bill Guilfoil diz que joga tênis de mesa há oito décadas (Reprodução/Facebook).

Embora motivado, o estadunidense tem consciência de que a tarefa é quase impossível e planeja apenas se divertir. “Não estou esperando um milagre ou algo do tipo. É como se eu estivesse de férias”, comenta. Caso o milagre aconteça, Bill será o competidor mais velho na história dos Jogos Olímpicos. O título atualmente pertence ao sueco Oscar Swahn, que participou da Olimpíada de Antuérpia, na Bélgica, em 1920, quando conquistou a medalha de prata no tiro esportivo.

Tags

comente
- Advertisement -spot_img

Leia também

- Advertisement -spot_img

Últimas Notícias