19.8 C
São Paulo

Anatel certifica permissão de ataques e roubo de dados por TV box pirata

É Pop!

A Anatel realiza diversas ações para rebater o uso de produtos fora da homologação no país. Eles acabam gerindo uma cadeira de pirataria, que envolve TV boxes piratas e conteúdo reproduzido, além dos transmitidos ilegalmente em sites e canais na web.

Uma das ações foi um estudo que avalia a existência de backdoor, isto é, um método não documentado de comunicação, em aparelhos de streaming. De acordo com superintendente de Fiscalização da Anatel, Hermano Tercius, um grupo testou diversas TV boxes comercializados em comércios populares em duas etapas.

Com apoio obtido em conjunto com a associações da TV paga, Agência Nacional do Cinema (Ancine) e Polícia Federal (PF), a equipe registrou a existência de backdoors abertos por meio de aplicativos Android.

As TV boxes avaliadas têm a chance de ser utilizadas como “robôs” em campanhas de negação de serviço, orquestradas, por cibercriminosos contra páginas, plataformas, serviços ou redes que normalmente possuem milhões de usuários.

Acima de tudo, em dezembro do ano passado, a Anatel já havia notado a existência de malwares no modelo de TV box da HTV, em dezembro do ano passado.

- Advertisement -spot_img

Leia também

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisement -spot_img

Últimas Notícias