17.1 C
São Paulo

Twitter começa processo contra Elon Musk por cancelamento na compra

É Pop!

Nesta terça-feira (12), o Twitter começou o processo contra Elon Musk no Tribunal de Delaware depois da renúncia do bilionário em tomar posse da rede social. Em função da atitude do CEO da Tesla, a empresa apontou que ele rejeita cumprir com as obrigações com a rede social, após assinar um acordo vinculante de compra.

“Tendo montado um espetáculo público para colocar o Twitter em jogo, e tendo proposto e assinado um acordo de compra favorável ao vendedor, Musk aparentemente acredita que ele — ao contrário de todas as outras partes sujeitas à lei corporativa de Delaware — é livre para mudar de ideia, jogar fora a empresa, interromper suas operações, destruir o valor do acionista e ir embora”, sinaliza a peça judicial que inicia a ação.

Na esfera da advocacia, os advogados da rede social apontaram que a desistência do bilionário na compra da rede social integra “uma longa lista de violações contratuais materiais realizadas por Musk que prejudicaram o Twitter e seus negócios”.
A rede social ainda reforçou que busca impossibilitar que Musk permaneça com a série de atentado ao acordo e busca uma obrigação de incentivar a realização da compra “mediante a satisfação das poucas condições” previstas pelo documento.
Musk indicou que o Twitter rejeitou o fornecimento de informações precisas acerca do assunto para finalizar o caso referente a divulgação do número de contas falsas presentes na rede social. Nesse sentido, o fundador da SpaceX destacou várias vezes que sequer acreditava nos comentários públicos da empresa de que somente  5% de seus usuários ativos eram contas falsas.

O caso pode resultar em um acordo com o Twitter, mas também em uma condenação à Musk no valor de US$ 1 bilhão pela ausência no cumprimento do vínculo contratual.

- Advertisement -spot_img

Leia também

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisement -spot_img

Últimas Notícias