20.1 C
São Paulo

Você conhece a história de Tiradentes?

É Pop!

A única pessoa que tem um feriado inteiro só pra ela no Brasil é Joaquim José da Silva Xavier, mais conhecido como Tiradentes.Porém, se você se empolgou com a ideia de ganhar um feriado em sua homenagem, fique sabendo que o mineiro fez muito para merecer a honra.

Nascido em 1746 no interior de Minas Gerais, Tiradentes ficou órfão com apenas 11 anos de idade, quando ficou sob a tutela de Sebastião Leitão, seu tio. Foi com ele que Tiradentes aprendeu a profissão de cirurgião dentista, que lhe rendeu o famoso apelido.

A forca foi o trágico destino de Joaquim José da Silva Xavier.

Após frustrações com o domínio português na Capitania de Minas Gerais, ele começou a se declarar a favor da independência da região. A gota d’água veio com a derrama, um pesado imposto aplicado sobre a exploração de ouro no estado.

Junto com outras lideranças regionais descontentes com a administração de Minas Gerais, Tiradentes participou do movimento que ficaria conhecido como Inconfidência Mineira.

A tela de Leopoldino de Faria retrata a resposta de Tiradentes à redução da pena dos outros inconfidentes.

No entanto, a tentativa de se livrar de Portugal morreu antes de nascer. As conspirações foram deduradas para os portugueses pelos oficiais Joaquim Silvério dos Reis, Basílio de Brito Malheiro do Lago e Inácio Correia de Pamplona, em troca do perdão de suas dívidas.

Diversos inconfidentes foram presos pelo governo da província, porém Tiradentes foi o único a assumir a responsabilidade pelo movimento. Apesar de também receberem penas pelo crime de lesa-majestade (crime contra a Coroa), os demais acusados receberam perdão. Mas Tiradentes, não.

O quadro “Jornada dos Mártires”, de Antônio Parreiras ilustra os inconfidentes presos.

Em 21 de abril de 1792, ele foi enforcado em praça pública na cidade do Rio de Janeiro, onde estava preso. Seu corpo foi ainda esquartejado para ~servir de exemplo~ para quem tramasse algo contra o governo português.

A independência da Coroa viria 30 anos depois, sem todo o drama de conspiração e traições da Inconfidência Mineira.

Imagens: Reprodução

comente
- Advertisement -spot_img

Leia também

- Advertisement -spot_img

Últimas Notícias