28.3 C
São Paulo

Animais desaparecidos da África retornam em série chocante

É Pop!

Quando a atividade humana toma conta do habitat natural de um animal silvestre, quais são as consequências? A série feita pelo fotógrafo britânico Nick Brandt “Inherit The Dust” (“Herdar a Poeira”) retrata de forma clara e um tanto quanto chocante os efeitos agressivos do desenvolvimento humano em locais que os animais, até pouco tempo, tinham como seus lares.

Brandt tem fotografado a vida selvagem da África Oriental ao longo de sua carreira. No entanto, o lugar onde antes era comum ver um elefante andando por seu jardim, agora está repetindo os padrões dos países ocidentais – e a exuberância animal antes observada está cada vez mais escassa.

“A destruição desses animais, desses locais africanos, não está ocorrendo no passado em que nós crescemos, mas no nosso imediato presente”, diz o fotógrafo londrino. “Continue nesse ritmo, e a megafauna única da África rapidamente irá pelo mesmo caminho das megafaunas da América e da Europa, que foram dizimadas por muito menos homens há muitos séculos.”

Em seu projeto, Brandt imprimiu retratos em tamanho real dos animais e os anexou a enormes painéis, que foram montados nos locais urbanos onde, antes de serem expulsos, esses animais costumavam viver. No entanto, para um fotógrafo do ocidente, criticar o desenvolvimento alheio não é uma tarefa muito compreendida.

A maioria das pessoas africanas diria que as nossas sociedades ocidentais destruíram toda a nossa própria natureza séculos atrás em busca de expansão econômica, e que na África, eles nunca tiveram uma chance de se desenvolver economicamente até agora. E agora é a sua vez. Por que eles deveriam ser privados da vida confortável e material da qual disponibilizamos no Ocidente?

“Em alguns aspectos, é um argumento razoável”, admite. “Mas a que custo? Para dizer o óbvio, a proteção ambiental e o benefício econômico não têm que ser mutuamente exclusivos. Na verdade, se você for esperto, eles andam de mãos dadas.”

A empreitada de Nick Brandt resultou em uma coletânea de imagens que com certeza terão um impacto em seus observadores – se realmente ocorrerá uma mudança nesses métodos de desenvolvimento ocidental, é uma questão um pouco mais difícil de ser respondida.

comente
- Advertisement -spot_img

Leia também

- Advertisement -spot_img

Últimas Notícias