16.7 C
São Paulo

Escola da Dinamarca será referência em energia solar

É Pop!

 

Referência em sustentabilidade para o mundo, a Dinamarca, que produz 40% a mais energia eólica do que consome, pretende se destacar também na construção de edifícios ecofriendly. O projeto do momento é a Escola Internacional de Copenhague (CIS), na capital do país, onde os idealizadores pretendem instalar 12 mil painéis solares, capazes de suprir a demanda da metade do consumo energético anual da escola, projetada para receber 1.200 alunos e 280 empregados.

A escola ficará no bairro de Nordhavn, de frente para o mar.

O edifício, que será construído do zero, terá 25 mil m² de área e se tornará a maior escola da cidade. A obra deve ficar pronta em 2017. De autoria do escritório de arquitetura C.F. Møller, o projeto prevê a criação de quatro torres independentes, porém interligadas, cada uma com entre cinco e sete andares. A escola se localizará entre o porto da cidade e a região mais central e urbanizada de Copenhague.

Por dentro, os edifícios contarão com tudo que uma escola comum – de primeiro mundo – tem a oferecer aos alunos: ginásio de esportes, refeitório, biblioteca e diversos locais para a apresentação de espetáculos. O destaque, no entanto, fica por conta do terraço dos prédios, uma área de mais de 6 mil m² onde os painéis solares serão instalados.

Diversos locais reservados à natureza e duas quadras esportivas fazem parte do projeto.

Para reforçar a importância da utilização de energia limpa – e do papel da própria escola nesse contexto – os alunos terão uma disciplina específica sobre o assunto, chamada de “estudos solares”. De acordo com os responsáveis, os estudantes poderão monitorar os dados sobre a produção de energia dos edifícios e usá-los nas aulas de física e matemática. Nada como aprender sobre matrizes energéticas alternativas na pele!

A expectativa é de que a escola esteja em pleno funcionamento para o ano letivo de 2017.

Imagens: Divulgação/C.F. Møller

Tags

comente
Ler a próxima matéria

Música de Adele causa “orgasmo de pele”, revela estudo

- Advertisement -spot_img

Leia também

- Advertisement -spot_img

Últimas Notícias