21.3 C
São Paulo

Conheça a camisinha ultrafina feita a partir de grama

É Pop!

condom

 

Quando o assunto é inovação no campo dos preservativos, o céu é o limite – ou melhor, a terra. Cientistas australianos declararam ter inventado com sucesso um novo modelo de camisinha: mais resistente que as atualmente comercializadas e ainda mais fina, para que a perda da sensibilidade seja a menor possível durante a relação sexual. Além do caráter tecnológico, o novo produto tem um curioso detalhe: é produzido a partir de uma espécie de grama.

O novo preservativo promete sensibilidade ainda maior na hora do sexo.

Os pesquisadores extraíram a polpa da planta spinifex, típica de regiões áridas como a própria Austrália e o Oriente Médio. As fibras de celulose, na sequência, foram misturadas com o látex, material normalmente utilizado na produção de preservativos. E o resultado foi animador. A nova camisinha aguentou uma pressão 20% e expandiu até 40% mais do que os preservativos convencionais. O produto também foi aprovado no quesito espessura: mediu, em média, apenas 0,045mm, 30% menos que os modelos ultrafinos disponíveis atualmente.

A grama spinifex é muito comum no interior da Austrália.

No entanto, os pesquisadores ressaltam que os experimentos não são úteis apenas para a prática do sexo seguro. Os componentes da camisinha também podem ser utilizados para a produção de luvas de látex superfinas, o que facilitaria a vida de médicos e profissionais da área de saúde na hora de realizar cirurgias ou outros procedimentos delicados.

Imagens: iStock

Tags

comente
- Advertisement -spot_img

Leia também

- Advertisement -spot_img

Últimas Notícias