21.3 C
São Paulo

Metade da população do mundo será míope em 2050, diz estudo

É Pop!

Metade da população mundial (quase 5 bilhões de pessoas) será míope em pouco mais de três décadas. Isso é o que revela um novo estudo conduzido por uma equipe internacional de pesquisadores. De acordo com estimativas, o aumento do problema será bastante significativo até 2050, contudo, os especialistas ainda não chegaram a um consenso sobre a causa da chamada “epidemia de miopia”. Em um novo relatório, publicado na revista Ophthalmology, a comunidade científica traçou um histórico do surgimento de novos casos ao longo das últimas décadas para poder obter a previsões mais concretas com relação ao futuro.

Pesquisadores acreditam que o aumento nos casos de miopia está relacionado com a falta de atividades ao livre das novas gerações. (Foto: iStock)

Entre os anos 1970 e o início dos anos 2000, os casos de miopia quase duplicaram nos EUA. Em certas partes da Ásia o aumento foi ainda mais significativo. Uma análise recente mostrou que 96% dos adolescentes na Coreia do Sul são diagnosticados com o problema de visão. E em Cingapura, na China e no Japão são cerca de 80% dos jovens.

Segundo o novo estudo, feito a partir de 145 análises com mais de 2,1 milhões de participantes, constatou-se que em 2000 cerca de 1.406 milhões de pessoas foram diagnosticados com miopia – o equivalente a 22% da população mundial. Com base nestes dados, os especialistas preveem que até 2050 serão registrados mais 4,758 milhões de casos de miopia – 49% da população do planeta.

Para a maioria dos pesquisadores, o aumento repentino da incidência do problema está diretamente ligada às mudanças no estilo de vida da sociedade moderna, com a diminuição do tempo ao ar livre. “Estamos gastando muito mais tempo dentro de casa do que qualquer outro período da história. Além disso, há também o aumento da permanência em frente às telas do computador, TV e smartphones”, explicou a pesquisadora Sarah Zhang.

Para ela, a solução está na volta da prática de mais atividades ao ar livre. “Muitos estudos argumentam que olhar para distâncias maiores provoca a liberação de substâncias químicas na retina, boas à nossa saúde. É bem provável que gastar mais tempo fora de casa, principalmente na primeira infância, reduz as chances de desenvolver miopia”.

comente
- Advertisement -spot_img

Leia também

- Advertisement -spot_img

Últimas Notícias