14.5 C
São Paulo

Uso de celular pode causar infertilidade nos homens

É Pop!

close up businessman man hands using smart phone

 

Eis um efeito colateral das novas tecnologias pelo qual ninguém esperava. Uma equipe de pesquisadores israelenses do Instituto de Tecnologia e Centro Médico de Haifa descobriu que os celulares estão literalmente matando as futuras gerações, uma vez que diminuem a contagem de sêmen dos homens. O estudo publicado na revista especializada Reproductive BioMedicine Online assegura que o uso frequente de smartphones pode derrubar em até 40% a quantidade de esperma, o que pode ocasionar a infertilidade.

A pesquisa encontrou relação entre baixa contagem de esperma e uso do aparelho.

Os testes foram feitos com 106 homens em Israel, cruzando informações pessoais e relativas ao uso do telefone com dados da qualidade do sêmen de cada um. Quase metade dos entrevistados (47%) que guardavam o aparelho no bolso da calça ao longo do dia apresentou níveis baixos de concentração de sêmen. Apenas 11% da população masculina em geral tem esse problema.

O conselho dos cientistas aos homens é evitar ao máximo o contato direto com o celular.

O autor principal do estudo, Ariel Zilberlicht, dá conselhos para que o mesmo não ocorra com você: “Com os resultados do estudo, é recomendado que os homens reduzam a duração das conversas ao celular e evitem portar o aparelho perto da virilha, dormir junto a ele, ou falar enquanto a bateria carrega”, diz, em entrevista a um canal de televisão local. De acordo com os cientistas, a qualidade do esperma tem caído desde o século passado devido à exposição cada vez mais habitual à radiação e à frequência eletromagnética dos celulares.

Imagens: iStock

comente
- Advertisement -spot_img

Leia também

- Advertisement -spot_img

Últimas Notícias