14.5 C
São Paulo

Universidade norte-americana adquire arquivos de Bob Dylan

É Pop!

As entidades norte-americanas, Universidade de Tulsa e Fundação George Kaiser Family, adquiriram recentemente um extenso arquivo de mais de seis mil itens sobre o ícone do Folk, Bob Dylan. Entre as raridades que serão mantidas pelas instituições está o famoso caderno de anotações do músico, no qual ele trabalhava as letras do seu clássico álbum “Blood on the Tracks” (1975). Agora, esse e outros achados – que incluem letras, gravações, correspondências, fotografias e filmes –, serão mantidos para estudos acadêmicos.

música-saiba-sobre-arquivos-de-bob-dylan-adquiridos-por-universidade-norte-americana

Mais de seis mil itens ligados a obra de Dylan serão mantidos com acesso restrito a estudos acadêmicos. (Foto: Reprodução/YouTube)

Segundo o jornal norte-americano The New York Times, que teve acesso a uma parte do material que integra o “Arquivo Bob Dylan”, o trabalho do artista é bem mais vasto do que mesmo os maiores especialistas poderiam imaginar.

Depois de dois anos de catalogação e digitalização, todo o arquivo ficará exposto em Tulsa, ao lado de um raro exemplar da Declaração de Independência, uma coleção de arte nativa norte-americana e das obras do maior ídolo de Dylan, Woody Guthrie.

Acervo de Bob Dylan será guardado ao lado das obras do seu ídolo máximo, Woody Guthrie. (Foto: Reprodução/Flikr)

Apesar de aguçar a curiosidade de muitos fãs, o acesso ao material será bastante restrito, ficando disponível apenas para “acadêmicos sérios e pessoas conhecidas por serem dylanologistas”, ressaltou o reitor da universidade de Tulsa, Steadman Upham.

comente
- Advertisement -spot_img

Leia também

- Advertisement -spot_img

Últimas Notícias