20.1 C
São Paulo

Artista de rua cria esculturas com materiais não reutilizáveis para alertar sobre a poluição

É Pop!

O português Artur Bordalo, artista de rua conhecido como Bordalo II, bastante comentado internacionalmente, criou uma série de esculturas gigantes espalhadas por Portugal para fazer uma crítica a ininterrupta poluição que o planeta sofre. Ele utiliza materiais não reutilizáveis para dar visibilidade aos problemas relacionados a falta de políticas sustentáveis e a má destinação que fazemos do lixo.

(Foto: Reprodução/Global Street Art)

Como o objetivo é discutir a degradação da natureza, Bordalo II representa em suas esculturas animais por meio dos materiais que encontra em terrenos baldios, fábricas abandonadas, ferros-velhos ou mesmo por Lisboa. Além de receber, também, utensílios de empresas que estão passando por processos de reciclagem interna e que fazem doações ao artista.

Para-choques danificados, latas de lixo, pneus, pedaços de computadores, portas de alumínio enferrujadas e bicicletas velhas são alguns dos objetos que o Bordalo II usa para construir os animais.  O artista procura materiais que estão em nosso uso diário, mas que pouco damos atenção na hora de descartar, sem nos atentarmos de que a ação de  “jogar no lixo” é apenas uma metáfora.

(Foto: Reprodução/Global Street Art)

É preciso considerar que o lixo não reutilizável que produzimos nunca é, na verdade, eliminado. Permanece em nosso planeta, apenas o colocamos em lugares que nossos olhos não podem ver. E daí a necessidade do artista em expor as esculturas em meio à cidade, aonde todos possam enxergar, não podendo mais fingir que não existe.

Ao montar as esculturas, Bordalo II as pinta com um viés moderno. E, apesar da crítica à sociedade de consumo e ao descarte de forma supérflua, ele relembra a todos de que é sempre possível criar uma melhor destinação àquilo que consideramos “lixo” ou mesmo que podemos repensar nossas práticas de consumo.

(Foto: Reprodução/Global Street Art)

Nascido em 1987, em Lisboa, a inspiração de Bordalo II, como artista de rua, vem de seu avô, Real Bordalo. Durante a sua infância, Artur o assistiu pintar as ruas de Lisboa. E é por isso que ele se autointitula como “Bordalo II”, para homenageá-lo. Confira aqui a galeria de fotos da arte de rua do artista:

Gostou? É possível conferir mais da street art de Bordalo II em suas páginas nas redes sociais ou mesmo em seu site pessoal clicando neste link. Aqui, você será direcionado o seu Instagram. E aqui para o Facebook.

Tags

comente
- Advertisement -spot_img

Leia também

- Advertisement -spot_img

Últimas Notícias