Chineses desenvolveram carro controlado com a mente

Pesquisadores chineses da Universidade Nankai estão desenvolvendo um carro capaz de ser conduzido por meio da força do pensamento do seu usuário. Com um capacete ligado a sensores de eletroencefalograma (EEG), os sinais da mente do motorista são traduzidos em comandos para o automóvel. Segundo os cientistas, o objetivo do projeto é melhorar a qualidade de vida de condutores com deficiência. A ideia é bastante audaciosa, mas ainda não há previsão de quando um modelo como este poderia estar no mercado.

Pesquisadores da Universidade de Nankai estão trabalhando em modelo que pode ser controlado por meio de sensores de eletroencefalograma. (Foto: Divulgação / Nankai University)

O grupo de Nankai, liderado por Duan Feng, está trabalhando em parceria com a Great Wall Motors para obter o primeiro veículo de teste em operação. Até agora, os pesquisadores ainda não conseguiram implantar a ideia com sucesso, o maior avanço obtido pela equipe com esse sistema foi a função de travar ou destravar o carro.

Segundo Feng, em comunicado à imprensa, apesar das dificuldades do projeto, eles vão continuar trabalhando nesta ideia para tentar implementar a tecnologia futuramente.

comente

Caneta da Moleskine digitaliza informações feitas no papel

A Moleskine, uma das marcas de cadernos de notas mais famosas do mundo, acaba de lançar uma caneta bluetooth capaz de digitalizar todos os esboços feitos no papel. O Smart Writing Set é um conjunto composto por um caderno especial, um aplicativo para iPad e a caneta inteligente. Com ele, qualquer coisa que o usuário faz no Moleskine é copiada imediatamente para o iPad. E mesmo que o bluetooth não esteja conectado na hora das anotações, tudo que for escrito ou desenhado no papel terá seu download feito assim que o tablet for ligado.

O Smart Writing Set é novo conjunto inteligente da Moleskine que copia tudo o que você escreve no papel para o iPad – instantaneamente. (Foto: Divulgação)

Você deve estar se perguntando como esta mágica acontece. O mecanismo funciona da seguinte forma: o novo Moleskine apresenta pequenos marcadores de posição impressos em suas folhas, que são lidos por uma câmera embutida dentro da caneta. Simples, não?

Confira o vídeo e veja como Smart Writing Set funciona:

comente

Cadeira de rodas sobe escadas automaticamente

Uma cadeira de rodas motorizada foi desenvolvida por um grupo de estudantes suíços com o objetivo de amenizar um incômodo frequente na vida dos cadeirantes: as escadas. A Scalevo é uma cadeira de rodas elétrica que dá mais liberdade e autonomia para os deficientes.

A equipe quis criar uma cadeira que pudesse ser usada normalmente durante o dia com o diferencial de subir e descer escadas sem ajuda de pessoas ou de outros objetos. O funcionamento se deve a faixas de borracha que ficam entre as duas rodas, lembrando bastante o robô do filme “Wall-e”.

A equipe do projeto contava com alunos de engenharia mecânica e elétrica do Instituto Federal Suíço de Tecnologia e da Universidade de Zurique das Artes. Apesar de projeto ser apenas um protótipo sem planos para ser produzido em larga escala, a ideia e a realização satisfatória abrem portas para novas tecnologias voltadas para melhorar a qualidade de vida dos deficientes.

O cadeirante pode subir a escada sem a ajuda de outra pessoa. (Imagem: Reprodução/Youtube)

A importância de projetos assim pode ser vista na quantidade de pessoas que seriam beneficiadas. No Brasil, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mais de 45 milhões de brasileiros declaram ter alguma deficiência. Desses dados, a deficiência motora aparece como segunda mais relatada com mais de 13 milhões de pessoas.

Em 2012, um outro equipamento que possibilitava ao deficiente subir e descer escadas já havia chegado ao Brasil. O projeto conta com três rodas que giram entre si, que travam nos degraus para que a cadeira não volte para trás. No entanto, a cadeira precisava da ajuda de uma terceira pessoa para subir, não dando toda a independência para o cadeirante.

Tags

comente

Acesso global à internet é impossível de acontecer até 2020

De acordo com estimativas feitas pelas Nações Unidas no ano passado, toda a população mundial deveria ter acesso à internet até 2020, incluindo as nações menos desenvolvidas. Contudo, segundo um novo estudo realizado pela Alliance For Affordable Internet (A4AI), esta meta está um pouco mais longe de ser alcançada. Para a entidade – que é formada por grupos como Google, Facebook, World Wide Web Foundation, além de vários governos –, o acesso universal à rede só se tornará possível em 2042.

Meta global de acesso à internet será adiada para 2042. De acordo com novo relatório, mulheres pobres serão as últimas a desfrutar da conquista. (Foto: Reprodução /Cajutel)

A nova análise foi divulgada pela A4AI no maior evento de telefonia móvel do mundo, o Mobile World Congress, em Barcelona. Confira um trecho do relatório:

Sem uma reforma urgente, em 2020 veremos apenas 16% das pessoas nos países mais pobres do mundo, e 53% do mundo como um todo, conectadas. Este atraso na conectividade prejudicará o desenvolvimento global como um todo, contribuindo para a perda de oportunidades de crescimento econômico e negando a centenas de milhões de pessoas acesso a educação online, serviços de saúde, voz política, e muito, muito mais.

Para a entidade, uma das maiores dificuldades para se quebrar esta barreira é a desigualdade de renda. Só para citar como exemplo, apenas nove de 51 países abrangidos no relatório conseguiriam atingir a meta global e inserir a população com os mais baixos salários recebidos.

Outra análise também mostrou que a situação se agrava ainda mais para as mulheres. A desigualdade de gênero entre aquelas com menos poder aquisitivo é o fator mais difícil a ser superado em grande parte do mundo.

comente

Startup britânica cria livros infantis personalizados

O “The Incredible Intergalactic Jourbey Home” é o novo livro infantil personalizado da startup britânica Lost My Name. Em parceria com investidores como o Google, Microsoft e NASA, uma das inovações da editora é o uso de imagens de satélite para compor as ilustrações da publicação. O livro só está disponível sob encomenda, pois cada exemplar é feito de acordo com o seu usuário. A cada pedido a empresa imprime uma nova versão, com dedicatória, desenho do personagem principal, nome e endereço inspirados em cada futuro leitor.

arte-e-cultura-conheça-a-startup-britânica-que-cria-livros-infantis-personalizados

O “The Incredible Intergalactic Jourbey Home” é o novo livro infantil personalizado da startup britânica Lost My Name. (Foto: Divulgação)

A história do “The Incredible Intergalactic Jourbey Home” mostra a trajetória de um pequeno astronauta, que viaja do espaço até sua casa. No livro, o endereço de destino do personagem corresponde à localização do próprio leitor. Contudo, por enquanto, a publicação só está disponível para compradores dos Estados Unidos e do Reino Unido.

A Lost My Name surgiu em Londres, em 2012, fundada por Asi Sharabi, Tal Oron, o ilustrador e designer Pedro Serapicos e pelo escritor David Cadji-Newby. O principal objetivo da empresa é criar livros para crianças feitos de forma exclusiva para cada leitor. A primeira publicação da startup foi o livro “Ai!Perdi Meu Nome”, que também é personalizado e já está disponível em várias línguas.

Confira o vídeo sobre o livro  “The Incredible Intergalactic Jourbey Home”:

comente

Yahoo Messenger cria opção para troca de mensagens

Nova versão do aplicativo se aproxima das funcionalidades do Facebook. Foto: Vdovichenko Denis, Shutterstock

Querendo entrar na briga de “trocadores de mensagens”, a Yahoo investe agora no Yahoo Messenger. Para se diferenciar, a empresa aposta em funcionalidades exclusivas, como o envio de várias fotos em alta resolução e integração com o Flickr.

Leia a matéria completa.

últimas do POP

1Lady Gaga e as melhores versões de “La Vie En Rose”  

 

05/04/2016 Lady Gaga e as melhores versões de “La Vie En Rose”

 

Lilly Wachowski se sentiu pressionada por um tabloide inglês para sair do armário (Reprodução).  

 

05/04/2016 Irmã Wachowski conta por que se assumiu transexual

 

Rihanna atinge 20 milhoes de inscritos no YouTube  

 

05/04/2016 Rihanna atinge 20 milhões de inscritos no YouTube

 

E se “Se Beber Não Case” fosse dirigido por Hitchcock  

 

05/04/2016 E se “Se Beber Não Case” fosse dirigido por Hitchcock?

 

DiCaprio recebe ameaça de deportação do governo indonésio  

 

05/04/2016 DiCaprio recebe ameaça de deportação do governo indonésio

 

cidadania-saiba-sobre-nova-proposta-de-lei-da-polonia-para-proibir-o-aborto  

 

05/04/2016 Polônia propõe lei que proíbe o aborto

 

9  

 

05/04/2016 Animais desaparecidos da África retornam em série chocante

 

1Zayn libera mais um single; ouça “Like I Would”  

 

05/04/2016 Zayn quebra recorde com 1o álbum “Mind Of Mine”

 

comente